América do México 0 x 0 Santos


O Santos ontem jogou, sofreu, e se defendeu... e como!


Em um jogo puramente de ataque contra defesa, sendo o ataque o time do América do México e a defesa a do Santos, o time da Vila conseguiu a sofrida classificação, graças ao primeiro jogo, na Vila Belmiro, em que marcamos um gol no adversário.

Vamos à análise do jogo.

O Santos jogou em um 4-3-1-2, com Rafael no gol, Edu Dracena e Durval de zagueiros, Léo e Jonathan de laterais, Adriano de volante fixo, Danilo e Arouca como meias de ligação, Ganso centralizado no meio como armador, e com Neymar como ponta e Zé Eduardo jogando centralizado no ataque.

No primeiro tempo, o Santos alternou momentos de grande posse de bola com momentos de extrema pressão do adversário.

No segundo tempo, o time se retraiu, ainda mais com a entrada do Bruno Aguiar no lugar de Zé Eduardo, tornando-se um verdadeiro jogo de ataque contra defesa.

Durante todo o jogo o América esteve próximo do gol, enquanto o Santos apenas tentou chegar ao gol em uma única oportunidade: em falta batida por Paulo Henrique Ganso.

Não sei se foi o cansaço, mas a verdade é que o time do Santos não jogou o que dele se esperava, e não atacou em nenhum momento, perdendo muitas bolas e errando muitos passes.

Vamos às notas:

Rafael: 9,5 - foi seguro e salvou o time de uma derrota no México, e talvez da desclassificação na Copa Libertadores. O melhor do time.

Edu Dracena: 6,5 - tentou correr, tentou ajudar o time, tentou marcar, mas segue sendo um zagueiro lento e com fraca capacidade de marcação (meu estômago gelou quando ele quase fez pênalti no adversário em uma disputa dentro da área).

Durval: 7 - tirou bolas com segurança e marcou bem.

Jonathan: 7 - marcou bem e apoiou bem.

Léo: 7,5 - um dos poucos do time que se arriscava a subir e tentar marcar um gol no adversário. Depois de Rafael, foi o melhor do time.

Adriano: 6,5 - marcou bem no primeiro tempo, deu chapéu e correu o jogo todo, mas poderia ter comprometido a classificação do Santos com passes errados na defesa.

Arouca: 7 - correu bastante no primeiro tempo, marcou bem e tentou ir ao ataque. Vai fazer falta para o Santos com sua lesão.

Danilo: 6 - nao jogou bem ontem, parecia nervoso, marcou mal, nao apoiou e tentou um chute a gol que passou longe.

Paulo Henrique Ganso: 3 - outro que não jogou bem. Extremamente lento, não marcou nem apoiou, e ainda perdeu bolas que poderiam ter comprometido o jogo para o Santos. Parece sem vontade de jogar, ou talvez seja o cansaço. Ontem foi um peso morto, o pior do time.

Neymar: 6,5 - nao atacou por falta de opções de pessoas com quem jogar, mas ajudou na marcação e correu o jogo todo.

Zé Eduardo: 4 - não vem apresentado o bom futebol do início do ano, jogou mal, mas marcou bem no primeiro tempo.

Bruno Aguiar: sem nota.

Alex Sandro: sem nota.

Rodrigo Possebon: sem nota.

Veja como foi o jogo:


Domingo as 16h tem jogo entre Santos e Corinthians no Pacaembu, no primeiro jogo da final do campeonato Paulista, fiquem ligados.

3 comentários :

  1. Bonito Blog,boa análise, estamos "no meio do furacão", como time bastante cansado para chegar 100% nos próximos compromissos.precisamos de um zagueiro e de um centro avante urgente.tenho um blog também
    lrsantista.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. ótimo blog e boa análise,acredito muito no peixe que vai crescer extraordinariamente, espero que tenha muito sucesso o blog,Abs

    ResponderExcluir
  3. Obrigado Luiz e Dinei! Grande abraço!

    ResponderExcluir