O Santos deve jogar com o time completo contra o Corinthians nesse domingo?


Todos sabem que o time do Santos está cansado.
















"O time está quebrado. Os jogadores não são máquinas" - disse Muricy Ramalho após a vitória contra o São Paulo.

Nas últimas semanas não tem sido fácil: decisão da Libertadores contra o Cerro fora de casa, Paulista, decisão da Libertadores contra o Táchira em casa, campeonato paulista, oitavas de final da Libertadores em casa, semifinal do paulista, jogo de volta das oitavas de final da Libertadores, primeiro jogo da final do Paulista, segundo jogo das quartas de final da Libertadores, segundo jogo da final do Paulista, segundo jogo da final do Paulista, segundo jogo das quartas de final da Libertadores...

Não se enganem: o Muricy está certo.

E o risco de perdermos algum atleta para a copa Libertadores é alto, considerando 2 fatores:

1) O Corinthians deve endurecer no Pacaembu. Apesar de ser um dos times que menos faltas cometeu no Campeonato Paulista (média de 12 por jogo, enquanto a do Santos é de 14), eles devem jogar duro contra o Santos, tanto pelo título do campeonato paulista quanto pela possibilidade de lesionar algum jogador do Santos para a Libertadores...

2) O time santista está esgotado. Com tantas viagens, mal tiveram tempo para realizar um treino, ao contrário do próprio Corinthians que, aproveitando-se da eliminação da pré-Libertadores, teve semanas cheias para treinar fisicamente, tecnicamente e taticamente seus jogadores.

Caso eu fosse o técnico do Santos, verificaria primeiro com o Departamento Médico do clube (em que não tenho a menor confiança) para saber do nível de cansaço de cada jogador e, para os que acusassem um nível de cansaço elevado com alta possibilidade de lesão, eu deixaria esse jogador no banco de reserva, entrando com seu substituto imediato para a função.

Caso durante a partida se verificasse que o Santos não estava apresentando um bom futebol, eu recolocaria os titulares, mas apenas no segundo tempo.

Deixo aqui uma possível formação para um Santos reserva, em um 4-2-2-2:

Goleiro: Vladimir
Zagueiro: Bruno Aguiar
Zagueiro: Vinícius Simon
Lateral Direito: Alex Sandro
Lateral Esquerdo: Pará
Volante: Adriano
Volante: Rodrigo Possebon
Meia de Ligação: Alan Patrick
Meia Armador: Felipe Anderson
Atacante: Thiago Luís
Atacante: Keirrison

Ou, poderia-se jogar em um 4-2-1-3, com Alan Patrick como meia armador, Felipe Anderson e Thiago Luís pelas pontas e Keirrison centralizado.

Mas vindo do Muricy Ramalho, e sua vontade de vencer, podemos esperar o time completo no domingo.

Aviso aos leitores do blog: farei uma postagem por dia no blog, fiquem atentos!

OBS: estou adiantando essa postagem, que seria de sexta-feira, pois amanhã irei no show do Helloween/Stratovarius em São Paulo e não poderei postar.

E vocês, acham que o Santos deve escalar o time completo, misto ou reserva?