Ganso na final


Ganso está pronto para a final, ao menos clinicamente.

Totalmente recuperado de sua última lesão, Paulo Henrique Ganso será a novidade santista para a final diante do Peñarol.

Duvido muito que Muricy coloque o meia para jogar no primeiro tempo.

Cauteloso, o treinador deve iniciar a partida com o meio formado por Adriano, Arouca, Danilo e Elano.

No segundo tempo, acredito que Ganso entrará apenas se o Santos estiver empatando ou perdendo o jogo durante a primeira etapa.

Se o Santos sair do primeiro tempo com uma vitória, Muricy não colocará Ganso para jogar, podem ter certeza.

Mas, caso entre, provavelmente será o subtituto de Pará, deslocando-se Danilo para a lateral direita e Elano para atuar como segundo volante.

O jogador acaba de voltar lesão, e não esperem pelo salvador da pátria.

Devemos esperar muito de Neymar e pouco de Ganso.

Mas não podemos esquecer que, no primeiro jogo do meia após a lesão que o deixou parado por 7 meses ele mudou o jogo, em menos de um minuto deu um passe que resultou em um gol e marcou outro. 

Foi decisivo.

No final, tudo dependerá de como estiver o jogo.

Se bom para o Peixe, Muricy não mudará o time.

Se ruim para o Santos, Muricy colocará Ganso para jogar.