Análise de Neymar e Ganso na Seleção Brasileira



Neymar até tentou, mas não conseguiu criar espaços entre a bem armada defesa venezuelana. 

Ganso, por sua vez, fez alguns lançamentos, mas deixou o "seu" meio de campo ser dominado pelo volante Lucas, que possui pouca qualidade com a bola nos pés.

Ganso está totalmente recuperado de sua lesão e volta a adquirir ritmo de jogo, e, com o tempo, pode voltar a brilhar. Mas foi muito arrogante ao dizer que ia voltar a jogar "seu belo futebol" pela Seleção... não vi nada do belo futebol ontem...

Neymar não pode ser crucificado: o garoto tem apenas 19 anos e acaba de disputar e marcar gol na final da competição mais importante da América. Tenham paciência com o moleque.

Na minha visão, Ramires e Lucas deveriam ser imediatamente substituídos, na Copa América, por Sandro e Elano, respectivamente (isso se Elano voltar a jogar o que antes jogava na Seleção...).

A minha Seleção Brasileira ideal seria: Victor, Thiago Silva, André Luiz, Daniel Alves, Marcelo, Sandro, Hernanes, Ganso, Neymar, Robinho e Pato.


Boas notícias
















Ney Franco, técnico da Seleção Brasileira sub-20, acaba de afirmar que liberará os jogadores da Seleção de base para atuarem por seus clubes até o dia 17 de Julho.

Ou seja, Danilo e Alex Sandro disputariam as próximas duas rodadas pelo Santos, contra o Palmeiras, nesse domingo, e contra o Atlético Mineiro, dia 16 de julho, novamente no Pacaembu (que saco hein...).

Com isso, os problemas de Muricy para armar a equipe diminuem um pouco.

Alex Sandro voltaria para a lateral esquerda, enquanto Danilo jogaria como segundo volante.

Mesmo assim, com imensa ausência de criatividade no ataque santista (Roger, Richelly e Borges), fica realmente muito difícil acreditar em uma vitória contra o Palmeiras... um empate seria um bom resultado.