Pré-jogo: Santos e América-MG

Neste sábado, as 18:30, o Peixe encara o América-MG no Pacaembu.

















O Santos precisa urgentemente de uma vitória para continuar sonhando com o título do Campeonato Brasileiro.

Com apenas 1 vitória em 5 jogos, além de 2 empates e 2 derrotas, o Peixe ocupa a 17ª posição no Brasileiro, na zona de rebaixamento, logo a frente de América-MG, Avaí e Atlético-PR, três das equipes que apostei no rebaixamento no post: Previsão para o Campeonato Brasileiro.

O Santos terá vários desfalques para a partida, contando apenas com o retorno de Léo, já recuperado de uma contusão.

Neymar, P.H. Ganso e Elano estão na Seleção Brasileira.

Alan Patrick foi vendido ao Shatkar Donetsk (Ucrânia), e Jonathan foi vendido para a Inter de Milão (Itália).

Maikon Leite já está no Palmeiras, Zé Eduardo integra o grupo do Gênoa (Itália) e o contrato de Keirrison com o Santos se encerrou.

Além disso, na segunda feira, Danilo, Alex Sandro e Felipe Anderson se apresentam à Seleção sub-20, para defenderem a seleção canarinho no Mundial sub-20.


Tática

O Santos jogará novamente em um 4-3-1-2, com Rafael, Edu Dracena, Durval, Pará, Léo, Adriano, Arouca, Charles (provavelmente), Roger, Richelly e Borges.

Se fosse Muricy, trocaria Roger por Felipe Anderson e Richelly por Thiago Alves.


Charles

Emprestado ao Santos pelo Lokomotiv de Moscou (Rússia) a pedido de Adilson Batista, o volante chegou ao Peixe machucado e só estreou em Maio.

Cotado como um excelente jogador, a expectativa era que formasse dupla com Arouca, mas, no entanto, o jogador não emplacou.

Seu futebol decaiu muito desde sua venda para o exterior, e hoje esquenta o banco de reservas santista, dando lugar a Adriano e Danilo na equipe titular. 


O América-MG

A equipe mineira, forte candidata ao rebaixamento, em 6 jogos conseguiu apenas uma vitória, somando 2 empates e 3 derrotas, ou seja, faz campanha pior que a do Santos no Brasileiro, ocupando a pífia 18º posição.


O jogo

O Santos tem totais condições de sair com uma vitória hoje, no Pacaembu.

Primeiro, porque tem mais time, apesar dos desfalques.

Segundao, porque precisa, se quiser realmente ter chances no Brasileiro.

A ressaca acabou, não há mais desculpas.

Então... pra cima deles Santos!