A nova matemática do título



Em 2004, o Santos venceu o Brasileirão com uma arrancada sensacional no final, vencendo 15 jogos e empatando seis, conquistando 51 dos 69 em jogo, em um aproveitamento de 73,9%.

Antes da derrota para o Figueirense, o aproveitamento santista no segundo turno era de 86,7%, o melhor até então entre todos os competidores, com 4 vitórias e 1 empate.

Agora, passadas 24 rodadas disputadas pelo Santos, vamos aos novos cálculos pelo título.

A pergunta é: quantos pontos precisaria o Santos para ser campeão brasileiro em 2011, tomando por base um objetivo de 67 pontos, total conquistado pelo Flamengo na conquista de 2009, a qual mais se assemelha a este Campeonato Brasileiro, sem nenhuma disparada pela 1ª posição.

O Peixe conta com 35 pontos.

Para o título, seriam necessários mais 31.

Como se conquistariam tantos pontos nos 14 jogos que restam?

Há matematicamente apenas três opções:

11 vitórias, 0 empates, 3 derrotas.

10 vitórias, 1 empate, 3 derrotas.

9 vitórias, 4 empates, 1 derrota.

Sim... o título está muito difícil.

Mas, para quem gosta de projeções, esta é a do título do Santos.

Saudações santistas!