Possíveis formações com P.H. Ganso e Elano

















A menos 3 meses do Mundial Interclubes, o Santos ainda não encontrou um padrão de jogo.

A competição acontecerá nos dias 8 a 18 de dezembro.

O modo de jogar da Libertadores foi perdido com a preferência de Henrique por Adriano.

E o time perde muito em qualidade com a saída de Elano e entrada de Ibson.

Além disso, a equipe sofre na lateral esquerda, com Léo sempre cansando no segundo tempo e sem ter substituto à altura, após a venda de Alex Sandro.

Alan Patrick fazia um bom trabalho na armação do meio de campo, mas após sua venda, o Santos tem dificuldades de encontrar um meia com tais características.

As vendas de Jonathan, Alex Sandro, Alan Patrick e Maikon Leite são muito sentidas na Vila Belmiro.

Assim como o empréstimo do veloz Mádson.

Para suprir suas ausências vieram Leandro Silva, Éder Lima, Roger e Richelly.

O primeiro entrou assustado e quase foi expulso em uma partida contra o Ceará.

O segundo ainda nem deu as caras.

Os últimos tiveram seus contratos rescindidos e foram dispensados da equipe.


P.H. Ganso e Elano

Com a volta da dupla, o Santos deverá mesmo abandonar a formação com 3 atacantes, devendo voltar a atuar no esquema preferido de Muricy para o Santos, o 4-3-1-2, da seguinte maneira.






















Eu, no lugar de Muricy, atuaria em um 4-2-3-1, com Felipe Anderson aberto pela ponta oposta a de Neymar, Adriano de titular e Elano no banco, entrando sempre no segundo tempo, descansado.






















E você, como escalaria essa equipe?