Crystian: a promessa para a lateral-direita

Crystian santos x palmeiras (Foto: Ivan Storti/Divulgação Santos FC)


O garoto disse em entrevista coletiva que nem dormiu na noite anterior ao jogo contra o Palmeiras.

Sabia que seria escalado e da responsabilidade no clássico.

E não decepcionou.

O Santos estendeu o contrato do jovem atleta da base, firmado agora até 31 de dezembro de 2015, aumentando a participação nos direitos econômicos sobre o jogador (65%).

O jogador contabiliza 13 convocações às seleções de base em 3 anos, uma média excelente para um atleta de sua posição.

O futuro o espera, e a lateral-direita também.

Com a saída de Danilo ao final do ano, a tendência é que Crystian assuma de vez a posição, voltando Pará novamente para o banco de reservas.

A base está aí e precisa ser utilizada.

Dela saíram grandes jogadores das gerações de 2002 e da atual, que hoje brilham com a camisa santista.

Muricy não titubeou ao ser perguntado sobre as características do jovem de apenas 19 anos:

- Ele tem dificuldade para jogar numa linha de quatro, pela direita. É baixo e não marca bem. Agora, jogando do meio para frente ele é bom jogador. É mais ala do que lateral - explicou o técnico.

Ao que o garoto rebateu:

- Na base inteira, eu sempre joguei como ala e agora o Muricy me fala para atuar mais como lateral mesmo, marcando. Eu tenho tentado melhorar. Acho que, contra o Palmeiras, fui bem na defesa também.

Quem está certo?

Muricy Ramalho.

O jovem jogador tem óbvias deficiências defensivas que precisam ser corrigidas para sua transição para o futebol profissional.

Se na base não lhe ensinaram a marcar, precisará aprender "na marra".

Tamanho não é problema, pois pode ser superado com muita qualidade técnica, qualidade que esse garoto parece ter.

Provavelmente o garoto não jogará o Mundial Interclubes, mas no ano de 2012 será peça chave na equipe santista.

Boa sorte ao Crystian nessa nova jornada!


Ainda me restou uma dúvida...

Será que não existe nenhum zagueiro na base melhor que o Edu Dracena?