Pré-jogo: Santos e Botafogo


O alvinegro mais querido do mundo entra em campo nesta quarta, as 20h30min, na Vila Belmiro, para encarar o Botafogo, que, caso vença, assumirá a liderança do Campeonato Brasileiro.

Com essa partida, encerram-se os adiamentos de jogos (que mais prejudicaram do que ajudaram) do Peixe.

O Santos encontra-se em 13º lugar na tabela, com 38 pontos.

Teoricamente, para evitar o rebaixamento, o Santos precisaria de no mínimo 46 pontos, pontuação mínima que os times precisaram para escapar do rebaixamento, na era dos pontos corridos disputado com 20 equipes.

Com isso, duas vitórias e dois empates bastariam.

Entregar o jogo para o Corinthians não vencer o campeonato? Nem pensar, pois o Santos ainda corre riscos lá em baixo.

Aliás, andei pensando em uma coisa...

O Santos já teve dois artilheiros do Campeonato Brasileiro recentemente, Kléber Pereira e Borges.

E essa artilharia significa algo de bom? Não necessariamente.

O abismo da artilharia de Borges (21 gols) para Neymar (5), Alan Kardec (2) e Richelly (2) mostra apenas o desequilíbrio coletivo do time santista, que, mesmo estando em 13º lugar, consegue ter o artilheiro do campeonato.

Essa fato mostra apenas que temos alguém que resolve o jogo quando a coisa aperta, mas ao mesmo tempo demonstra a falta de jogo coletivo da equipe praiana.

No ano passado, para ilustrar, tínhamos uma equipe que marcava gols, mesmo com a artilharia dividida entre Neymar e André.

Robinho, Ganso, Wesley, Léo e Pará também deixavam os seus, sem que houvesse uma distância abissal para os jogadores de ataque, o inverso do que hoje ocorre.


Desfalques

O Santos tem como desfalques P.H. Ganso, Elano, Pará e Léo, todos machucados.

Ganso, que, aliás, deve voltar dentro de poucas semanas.

Adriano está recuperado de lesão, e fica a disposição do treinador.

Com a ausência de Léo, é provável que o técnico santista escale Adriano na lateral-esquerda.

Com isso, Muricy deverá montar a equipe em um novo 4-3-3, com Rafael, Edu Dracena, Durval, Adriano, Danilo, Arouca, Henrique, Ibson, Neymar, Alan Kardec e Borges.

No melhor estilo "usar o que tem de melhor mas sem se preocupar em dar um padrão tático ao time".

Serão novamente reprisados os mesmos problemas da falta de criatividade no meio de campo, ligações diretas (leia-se chutões), chuveirinho na área, o time jogando recuado na Vila Belmiro, nos contra-ataques, um público minúsculo sem torcedores, mas meros espectadores, e a extrema, escancarada e preocupante dependência da genialidade de Neymar.


Entregar? Jamais!

Até porque o Peixe precisa daqueles pontinhos para escapar de vez da zona da degola...

Pra cima deles Santos!

Pra cima deles Muricy! Coragem homem!


PS: Santos e Botafogo, na era de Pelé e Garrincha, era considerado o maior clássico do mundo.

2 comentários :

  1. Roney Dutra...
    Pelas contas antes do jogo, o do Grêmio era empate e dava 01 ponto pra gente.
    Vamos ter que recuperar este ponto nas outras partidas.
    Se no próximo conseguirmos ao menos empatar com o Botafogo, aí já voltamos a previsão inicial (o que deixa a famosa “preparação” para o Mundial (de 2 jogos) mais tranquila…rs).
    Podíamos perder 6, agora são só 5D possíveis.
    Antes precisávamos de 26,7% dos pontos (8 em 30), com a derrota para o Grêmio passamos a precisar de 29,6% (8 em 27). Ficou só um pouquinho mais difícil.
    Mas tudo isso foi pensado antes…

    Antes do jogo contra o Grêmio:
    Pontuação atual: 38 pontos
    Escapar do rebaixamento: 45 pontos (?)

    Se:
    - perdermos as 4 fora de casa
    - perdermos 2 em casa para os líderes (botafogo e vasco)
    - empatarmos 2 em casa contra times médios (gremio e atl-GO) (já perdemos 1 delas)
    - ganharmos 2 em casa contra times fracos (atl-PR e bahia)

    Faríamos 46 pontos e escaparíamos do rebaixamento.

    Dá pra escapar.
    Só não dá para treinar o time para o Mundial. A não ser que vença mais algum até o jogo com o Vasco e transforme os 5 jogos finais em amistosos do sub-20.

    Santos X Gremio: empate 1 ponto (39)==> resultado derrota = 0 ponto (ainda 38 pontos)
    Santos X Botafogo: derrota 0 ponto (39)
    Flamengo X Santos: derrota 0 ponto (39)
    Santos X Atlético-PR: vitória 3 pontos (42)
    Santos X Vasco: derrota 0 ponto (42)
    Ceará X Santos: derrota 0 ponto (42)
    Santos X Atlético-GO: empate 1 ponto (43)
    Coritiba X Santos: derrota 0 ponto (43)
    Santos X Bahia: vitória 3 pontos (46)
    São Paulo X Santos: derrota 0 ponto (46)

    Força Santos! Dá para escapar!

    ResponderExcluir
  2. Agora, com a vitória sobre o Botafogo, vencendo o Atlético-PR ou Bahia na Vila Belmiro e empatando com qualquer outro time o Santos já estará garantido na primeira divisão.

    E... do jeito que o Flamengo jogou hoje, é bem capaz que o Santos liquide as chances de queda já no jogo contra o Atlético-PR, caso consiga trazer do Rio ao menos um empate.

    Abraço!

    ResponderExcluir