Aquecimento: Grêmio x Santos

clique na imagem para ampliá-la





















Análise tática. O time santista deverá atuar novamente no 4-3-1-2 implantado por Claudinei, com dois pontas, um meia armador, dois volantes que sobem e laterais subindo alternadamente. 

O Grêmio, por sua vez, jogará no eficiente 3-5-2 implantado por Renato Gaúcho, com 3 zagueiros, dois alas (que atacam muito), três volantes marcadores, mas que sobem ao ataque alternadamente, e dois atacantes fixos, de área (no último jogo, os gols gremistas saíram justamente dos pés de volantes).

Curiosamente, o time santista será o mesmo que iniciou a segunda partida contra o Grêmio na Copa do Brasil, com as únicas exceções de Edu Dracena e Arouca (começamos com Durval e Renê Júnior). Hoje, o time joga completo.

Análise técnica. Jogador por jogador, os do Grêmio são melhores no ataque e nas laterais, e os do Santos na defesa.

Santos
Grêmio
Aranha
Dida
Edu Dracena
Rhodolfo
Gustavo Henrique
Bressan e Gabriel
Galhardo
Pará
Mena
Alex Telles
Alison
Riveros
Arouca
Souza
Cícero

Montillo
Zé Roberto
Gabriel
Kleber
Thiago Ribeiro
Barcos

Análise física. Não houve muito tempo para treinamento, mas sim para descanso. Com 3 dias completos de descanso, tanto para Santos quanto para Grêmio, o fator físico não deve (ou não deveria) ser decisivo no jogo de hoje.

Análise emocional. O Santos vem para o jogo abalado depois da derrota para o Botafogo, na Vila Belmiro, que deu fim à invencibilidade de 1 ano no estádio. O Grêmio, por outro lado, também está abalado pela última derrota em casa, para o Atlético Mineiro dos ex-gremistas Ronaldinho Gaúcho e Victor. 

Desfalques. Cicinho (suspenso), Giva, Leandrinho, Alan Santos e Marcos Assunção (lesionados).

Vai brilhar. Assim como Victor, que defendeu tudo no final de semana, Aranha tem grande chance de ser o destaque santista na partida, barrando os ataques gremistas.
foto: divulgação Santos FC/Ivan Storti

Podem surpreender. As novidades Montillo, Arouca e Gustavo Henrique podem surpreender, tanto ofensivamente quanto defensivamente (até porque Gustavo é de fazer seus gols de cabeça em bolas paradas). 

Está devendo. Galhardo perdeu a posição para Cicinho, e desde então nunca mais voltou à titularidade. Hoje terá chance de mostrar se ainda é útil ao elenco santista.

Olho neles! Zé Roberto, Kleber e Barcos tem sido decisivos para o Grêmio quando jogam em casa. Grande preocupação para a renovada zaga santista.

Ataque x Defesa. Em 9º lugar na tabela, o Peixe tem apenas o 11º melhor ataque (24 gols), enquanto  o Grêmio, 3º lugar, possui o 7º melhor ataque (28 gols). No embate entre as defesas, o Peixe leva ligeiramente a melhor, por ser a 2º melhor defesa (19 gols), contra a 4ª melhor defesa do time gaúcho (20 gols).

Retrospecto. O Santos, jogando fora de casa, venceu 3 partidas, empatou 4 e perdeu 5. O Grêmio, jogando em casa, venceu 7, empatou 2 e perdeu 2.

Palavra do treinador. "O time está quase definido, mas vamos conversar principalmente com o Arouca e o Montillo. Vamos respeitar o sentimento deles. Fizemos um trabalho tático com eles, mas a partir do momento que forem a campo, serão cobrados pelo que eles sempre jogaram. Temos de ver se eles estão em condições de atuar desde o começo. A princípio, começam os dois, mas vou conversar com eles. Temos de pensar no jogo como um todo."

Dúvida pertinente. Vingará o Santos a eliminação na Copa do Brasil?

foto: divulgação Santos FC/Ivan Storti