Pré-jogo: Atlético/PR x Santos

Atlpetico/PR e Santos, análise tática
clique na imagem para ampliá-la




















O Peixe pega hoje o Furacão para confirmar a boa fase.

Taticamente, as equipes jogarão espelhadas em um 4-3-1-2, com um volante de contenção (Alison e João Paulo), dois volantes que saem para o jogo (Cícero, Alan Santos, Everton e Zezinho - aquele mesmo que jogou no Santos), um meia armador (Leandrinho e Paulo Baier), e dois atacantes (Everton Costa, Thiago Ribeiro; Éderson e Marcelo), sendo que os do Peixe jogam pelas pontas, enquanto os do Atlético atuam pelo meio.

Meu palpite é que o jogo será decidido nas laterais do campo, em um lançamento partindo dos laterais ou cruzamento, já que Léo e Cicinho a princípio terão bastante campo para trabalhar a bola, em conjunto com os atacantes. Os meios de campo tendem a se anular, razão pela qual um lance de bola parada pode definir o resultado do jogo.

Será de Leandrinho a mais dura missão da partida: substituir Montillo à altura, fazendo uma função que, a princípio, não é a dele.

Pelos desfalques, por jogar fora de casa, pelo fato do adversário jogar com o time completo, um empate pode ser considerado grande resultado.

O jogo. Será em Curitiba, estádio Durival de Britto, as 19:30.

A tabela. O Atlético é 3º colocado e o Santos 11º.

Duelo de invictos. O Santos, invicto há 6 jogos no Brasileiro, terá vida dura contra o Atlético-PR, 10 jogos sem perder na competição.

Pedreira em casa. O Atlético/PR não perde em casa há 7 meses, onde chegou a jogar contra Cruzeiro, Grêmio, Botafogo e Corinthians.

Desfalques. O Santos tenta continuar subindo na tabela sem Mena, Arouca, Montillo e Gabriel – os dois primeiros machucados, e o último na Seleção Brasileira sub-17; os substitutos serão Léo, Alison, Leandrinho e Everton Costa.

Farão falta. Montillo não tem hoje substituto à altura no Santos, Gabriel vinha de boas atuações e fazendo gols, e Mena marcava como um leão na lateral-esquerda. Apenas Alison substituirá Arouca à altura.

Olho nele! Ederson, até outro dia era reserva, tornou-se artilheiro do Campeonato Brasileiro, com 12 gols.

Olho neles! Paulo Baier, o meia clássico de idade avançada sempre eleva o nível técnico do time quando está em campo, além de ser especialista em cobranças de escanteios, faltas e pênaltis. Olho também no excelente zagueiro Manoel, um dos melhores zagueiros do Campeonato.

Sugestão. O Santos devia começar a considerar seriamente a contratação de Walter, do Goiás, para o ataque. O excelente atacante gordinho do esmeraldino meteu mais 2 gols ontem no Grêmio.

Palpite. Empate.

Que a sorte esteja com os meninos e veteranos da Vila!