Santos 2 x 0 Criciúma - a um passo do título

Santos 2 x 0 Criciúma - final da Copa do Brasil sub-20


Boas notícias vêm da base.

Ontem o Santos venceu na Vila Belmiro o Criciúma, por 2 x 0, no primeiro jogo da final da Copa do Brasil sub-20.

Os meninos da Vila têm grandes chances de voltar de Criciúma com o caneco.

O segundo jogo da final ocorrerá no dia 20/11/2013, as 18h.

Assisti ao jogo ontem e hoje destacarei os jogadores que já amadureceram tecnicamente e estão preparados para jogar tranquilamente no time titular.

Gabriel Gasparotto (goleiro)
Mais novo (19 anos) e mais alto (1,96m) que Vladimir (24 anos e 1,90m) – reserva imediato de Aranha que sempre mostra insegurança e falha seguidamente quando chamado para assumir a titularidade –, Gabriel demonstra muita qualidade em baixo das traves, garantindo o time, só em 2013, na final da Copa SP de Futebol Júnior e na Copa do Brasil sub-20.

Gabriel tem como características a segurança (não solta chutes fortes de longa e média distância), a excelente saída no 1 contra 1, e a boa reposição de bola.

Falha ainda, ao meu ver, por não aproveitar sua altura para cortar cruzamentos na área alvinegra.

Algo que pode ainda ser corrigido antes de subir aos profissionais.

Na minha visão, Gabriel é, hoje, tecnicamente, o substituto imediato de Aranha.

Leandrinho (volante)
Já conhecemos as qualidades de Leandrinho no profissional, quando formou um belo meio de campo com Alison, Cícero e Montillo.

Leandrinho é um volante técnico, que tem por principais características o passe refinado e os fortes chutes a gol.

Além do passe, sua força física o permite ajudar com eficiência na marcação, roubando bolas e armando contra-ataques.

Com as dispensas de Marcos Assunção, Renato Abreu e René Júnior, Leandrinho deve se firmar de vez como o 1º volante reserva do time, com grandes chances de jogar, já que essa posição é alvo de muitas suspensões, por conta dos cartões amarelos recebidos.

Arrisco afirmar que Leandrinho será peça fundamental no Santos de 2014.

Lucas Otávio (volante)
Outro volante promissor, que se destaca pela técnica e pela força física, apesar de baixinho.

Lucas Otávio era o principal destaque do time sub-20 antes da volta dos jogadores do profissional, a ponto do seu treinador Pepe Macia pedir mais chances para o garoto no time principal.

Para 2014, poderá perfeitamente ser o 2º volante reserva, logo atrás de Leandrinho. Com o tempo, buscará naturalmente a titularidade.

Léo Cittadini (meia-armador)
O futebol do baixinho e promissor Léo Cittadini lembra muito o do meia Diego, daquele Santos de 2002.

Tem por principal característica a excelente visão de jogo, que lhe possibilita fazer lançamentos precisos, deixando os atacantes na cara do gol.

Tecnicamente privilegiado, Léo cobra faltas e escanteios com perfeição, e tem excelente passe.

Ontem, o segundo gol santista saiu de um escanteio cobrado por ele com absoluta perfeição.

Tem totais condições de ser o reserva imediato de Montillo no time principal.

Pedro Castro (meia-armador)
Sem a técnica refinada de Léo Cittadini, Pedro Castro ainda continua sendo um bom jogador.

Com boa qualidade de passe, muita força física e vontade, pode evoluir como reserva de Leo Cittadini no profissional.

Diego Cardoso (atacante)
Artilheiro da Copa do Brasil Sub-20, já foi convocado diversas vezes para a Seleção Brasileira sub-20, e é um dos grandes destaques dos Meninos da Vila.

De seus pé direito saiu o 

Diego tem por principais caracterísitcas a excelente pontaria, a excepcional presença de área, a extrema velocidade (cujas arrancadas lembram por vezes as de Neymar) e a coragem para arriscar chutes.

Se bem trabalhado, dará ótimos frutos no profissional, podendo no futuro ser o titular do ataque, ao lado de Thiago Ribeiro.

Na minha visão, já poderia ser utilizado ao lado de Thiago Ribeiro no comando de ataque (pois é tecnicamente superior a Everton Costa e Willian José).