São Paulo 0 x 0 Santos - empate justo

São Paulo 0 x 0 Santos
















Santistas reclamam.

São-Paulinos reclamam.

Alegam que foram prejudicados.

Em 2 impedimentos mal marcados que resultariam em um pênaltis para ambos os lados.

No final, ficou "elas por elas".

Um pênalti para o São Paulo erradamente não marcado.

E um pênalti para o Santos erroneamente não assinalado.

O empate foi justo.

E ponto final nessa história.

Sobre o jogo, vimos um empate sem gols emocionante.

Com direito a trapalhada de Rogério Ceni, bola na trave e grandes chances para as duas equipes.

Vimos um legítimo 0 x 0 emocionante.

Dentro do qual Cícero e Leandro Damião perderam um gol incrivelmente fácil, com o gol aberto.

Onde Gustavo Henrique e Neto demonstraram sua imensa dificuldade de dar o primeiro passe, ou sair jogando com a bola nos pés.

No qual Geuvânio se intimidou com a primeira cara feia que viu, e parou de jogar.

Em que apenas 16.337 pessoas pagaram para ver dois impedimentos grosseiros, marcados pelo árbitro brasileiro que apitará na Copa do Mundo.

O resultado foi bom para o Santos e péssimo para o São Paulo.

Com o empate fora de casa e a derrota do Palmeiras, o Peixe agora assume a liderança geral do Campeonato Paulista, com 23 pontos, mesmo número do Palestra, mas com saldo de gols superior (11 gols contra 9).

O clube paulistano, por outro lado, segue em 2º lugar em seu grupo, a 3 pontos do Penapolense.
Ganso no banco
O post acabou.

Mas e Ganso hein?

Confesso que ontem tive pena, não raiva.

Quando, durante todo o jogo, as câmeras da televisão apontavam para o rosto decepcionado de Ganso, o ex-camisa 10 santista parecia totalmente corroído por dentro, magoado, envergonhado e principalmente arrependido por ter deixado o Santos Futebol Clube, onde provavelmente hoje seria titular.

O mundo dá voltas...