Sai Gabigol, entra Alison

Santos x Ituano - final do Paulista 2014


O Santos mudou para a final.

Oswaldo de Oliveira promoveu importante alteração que pode dar mais equilíbrio ao meio-de-campo santista, e assim preencher os buracos da última partida e sair com a vitória.

Com isso, Gabigol, antes titular, sai para a entrada de Alison.

O jovem volante da base santista ingressa no time para atuar como primeiro volante.

Arouca, portanto, de primeiro passa a jogar como segundo volante, com mais liberdade para atacar.

No meio, Cícero ocupa a vaga deixada por Gabigol, sendo dele agora a responsabilidade de armar as jogadas de ataque do time.

Na esquerda, Thiago Ribeiro.

Na direita, Geuvânio.

Na frente, Leandro Damião...

Taticamente, não há nenhuma alteração, apenas a troca das peças do tabuleiro.

Para o momento, a decisão de Oswaldo de Oliveira me parece a mais acertada.

O time realmente perdeu o meio-de-campo no último jogo.

Havia apenas defesa (6 jogadores) e ataque (4 jogadores), que defendiam e atacavam bem espaçados, sem nenhuma compactação, possibilitando ao Ituano a criação de várias jogadas de ataque.

Com a entrada de Cícero, ganhamos, no mínimo, 3 bons marcadores no meio de campo, contra apenas 2 no último jogo.

Mas de nada adiantará a entrada de Alison se os atacantes Geuvânio, Thiago Ribeiro e Leandro Damião não ajudarem a marcar.

A mudança é positiva.

Mas as mudanças mais esperadas não vieram.

Quais?

A entrada de Jubal na vaga de David Braz.

E de Gabigol no lugar de Leandro Damião.

De qualquer forma, com essa nova formação, Oswaldo promete ir forte para a final.

Da qual Eugenio Mena é dúvida, após o falecimento de seu pai, no Chile.

Só admito não compreender uma coisa: por que o técnico santista dessa vez não escondeu a escalação, como o fez semana passada?

Esconder a entrada de Alison seria uma arma e tanto para surpreender o adversário.

Vai entender...