Entenda por que o Santos não consegue vencer

Santos não vence há 3 jogos

Todo torcedor santista se faz a mesma pergunta: por que o Peixe não consegue vencer?

Os 3 empates em 3 jogos no Campeonato Brasileiro não são mera coincidência.

Algo está errado.

Após bastante reflexão, pude pincelar as razões pelo qual este time não consegue render o mesmo daquele que aplicou 5 x 1 no Corinthians no início do ano.

Afinal, por que o Santos não rende?

A resposta: uma mistura de lesões de titulares, improvisações, más escolhas de Oswaldo de Oliveira e Leandro Damião...

Não acredita?

Então vamos lá.


1ª RAZÃO - LESÕES DOS ZAGUEIROS TITULARES

O Santos que goleou o Corinthians atuou em sua linha defensiva com Cicinho, Neto, Gustavo Henrique e Mena.

No jogo de ontem, sobrou apenas Cicinho.

Não há como negar que uma zaga com David Braz, Jubal e Emerson (que possui virtudes ofensivas, mas muitos defeitos defensivos), fica muito, mas muito mesmo, fragilizada.

Como consequência, o time tem mais dificuldade em se defender, e leva sufoco constantemente dos times adversários.

Ontem, contra o Grêmio, a defesa ficou totalmente aberta para os gols gremistas em várias oportunidades.

Os gaúchos não converteram por ruindade mesmo.


2ª RAZÃO - IMPROVISAÇÕES

No seu auge no Campeonato Paulista, o Santos jogava com Arouca de primeiro volante, Cícero de segundo volante, Thiago Ribeiro na meia esquerda, Geuvânio na meia direita e Gabigol como centroavante.

O 4-2-3-1 mágico de Oswaldo de Oliveira funcionava perfeitamente.

Até que começaram as improvisações.

Cícero, de segundo volante (posição onde rende mais), passou a jogar de meia armador.

Geuvânio foi sacado do time titular.

Gabigol, que entrou no lugar de Geuvânio, foi improvisado na meia direita, posição onde não rende (pois rende 100% apenas quando joga de centroavante).

As improvisações de Cícero e Gabigol em posições onde normalmente não jogam fazem um mal danado à equipe.


3ª RAZÃO - LEANDRO DAMIÃO

Não é coincidência que o time passou a jogar mal exatamente quando Leandro Damião ao clube.

Leandro Damião é um perna-de-pau supervalorizado.

Que enganou a diretoria, a torcida santista e até Felipão.

O atual dono da camisa 9 santista não tem futebol para ser titular no Santos Futebol Clube.

Com imensa dificuldade de dominar bolas, passar, finalizar, cabecear, Damião se tornou um estorvo de mais de R$ 42 milhões aos cofres do Santos.

Para piorar, ao precisar quase "por contrato" jogar de titular (para que possa ser revendido), o centroavante tira o espaço e ajuda a queimar a melhor joia dessa safra de meninos: Gabigol.

Gabigol é um excelente centroavante, e não rende como meio-campista, seja nas pontas ou na armação de jogadas.

Com Damião de eterno titular, Gabigol perde a grande oportunidade de ser merecidamente o titular dessa equipe, e de marcar muitos gols (para depois ser vendido ao Barcelona, é bem essa a crua e incômoda verdade).

Precisando jogar de titular para ser vendido, e abrindo a possibilidade de, no futuro, o próprio Gabigol ser vendido para pagar a péssima contratação do camisa 9, Leandro Damião já pode ser considerado o pior negócio da história do futebol brasileiro.


ALGUMAS FALÁCIAS

O Santos não tem padrão tático! MENTIRA! Taticamente, o Santos dos 3 empates no Campeonato Brasileiro é exatamente o mesmo daquele Santos que goleava impiedosamente no Campeonato Paulista. É verdade que o Santos deixa muitos espaços atrás, mas essa é justamente a característica desse sistema ultraofensivo. Basta lembrar que no Paulista o Santos sempre levava sufoco nos contra-ataques.

Cícero e Thiago Ribeiro não estão jogando nada! Meia verdade. O desempenho de Cícero caiu consideravelmente quando foi improvisado por Oswaldo de Oliveira como meia armador. O caso de Thiago Ribeiro é mais simples: seu rendimento individual caiu juntamente com o rendimento coletivo de toda a equipe, eis que Thiago é um jogador mais coletivo que individual (que atua melhor quando seus companheiros participam ativamente do jogo, o que não aconteceu nos últimos 3 jogos).

Luas Lima precisa entrar! Meia verdade. Todo santista deve sonhar hoje com um meio de campo formado por Arouca, Cícero, Geuvânio, Lucas Lima, Thiago Ribeiro e Gabigol, mas a realidade é que Lucas Lima é fisicamente muito frágil. Isto é, o jogador não tem (ainda) fôlego para aguentar 90 minutos de jogo. Essa é a razão por que entra geralmente aos 30 minutos do segundo tempo. Quem não acredita, basta lembrar do jogo contra o Mixto/MT, em que Lucas Lima já ao final do segundo tempo estava fisicamente esgotado, e por isso "sumiu" no segundo tempo. Para ser titular, precisará estar 100% fisicamente. Oswaldo de Oliveira prometeu Lucas Lima de titular no próximo jogo. Torço para que ele me cale!


CONCLUSÃO

Portanto, está posta a minha visão do por que o Santos não consegue vencer.

Lesões de zagueiros titulares, improvisações de Cícero e Gabigol, e Leandro Damião...

Você pensa diferente?

Então compartilhe aqui suas hipóteses sobre quais motivos fazem o Santos jogar tão mal e não conseguir as tão almejadas vitórias.

Saudações alvinegras!