Santos tem o 3º elenco mais valioso do Brasil

Santos tem o 3º elenco mais valioso do Brasil

































Se o Campeonato Brasileiro fosse disputado em valor de elenco, o Santos já estaria classificado para a Libertadores de 2015.

Mesmo com a saída de Neymar, que trouxe para o Peixe a 2ª maior desvalorização do time de 2013 para 2014 entre clubes que disputam o Brasileiro, o alvinegro da Vila ainda beira o topo dos clubes no quesito valor do time.

Recente pesquisa realizada pela Pluri Consultoria apontou o Santos como o 3º elenco mais valioso do Brasil, atrás apenas de Cruzeiro e São Paulo, nesta ordem.

Pode-se afirmar, com base nesta pesquisa, que o Santos é hoje a 3ª maior vitrine do país.

Se em 2013, com Neymar, o valor do elenco santista era de incríveis 114,1 milhões de euros, em 2014 esse valor baixou para 50,6 milhões.

50,6 milhões de euros, portanto, é o atual valor total do elenco santista que disputa o Campeonato Brasileiro.

Abaixo apenas do São Paulo - primeiro colocado da lista, com 62,3 milhões de euros.

E do último campeão brasileiro, o Cruzeiro, com um elenco de 54,1 milhões de euros.

Neste quesito, o Santos segue bastante à frente de seus grandes rivais Corinthians (6º na lista, com um elenco avaliado em 43,2 milhões de euros) e Palmeiras (9º da lista, com elenco de 40,8 milhões de euros).

Observando atentamente o atual elenco santista, podemos ver jogadores bastante rodados e ainda consagrados como Aranha, Edu Dracena, Arouca, Cícero, Thiago Ribeiro e Leandro Damião.

As jovens contratações e as jovens promessas da base também servem para inflar o valor do time, como os promissores Gustavo Henrique, Eugenio Mena, Cicinho, Alison, Alan Santos, Lucas Lima, Geuvânio e Gabigol.

Como jogadores tão valorizados no mercado nacional e internacional, a cobrança por resultados à altura do time torna-se obrigatória.

Afinal, como explicar que Sport, Bahia e Goiás, os apenas 14º, 15º e 16º elencos mais valorizados do país, possam marchar à frente da tabela do Campeonato Brasileiro, deixando o poderoso Santos, tão valorizado, para trás.

De nada adianta ter nas mãos um elenco valioso, com nomes consagrados, se em campo os jogadores não corresponderem o esperado - como não vêm correspondendo.

Sinceramente, com a saída de Neymar do elenco, confesso que esperava uma desvalorização maior do time.

Mas precisamos reconhecer que a diretoria teve a competência de segurar um elenco valorizado, seja com as acertadas dispensas (e foram muitas) e com contratações - apesar do óbvio erro em Leandro Damião.

Mas como nome não ganha jogo, esses caras precisam jogar o esperado para justificar o investimento!

E isso que esperamos deles contra o Princesa de Solimões, neste quinta feira, as 21h50, na Vila Belmiro.

Com esse elenco rendendo o que sabe e o que pode, não podemos esperar nada menos que uma goleada.