Souza: um substituto à altura de Cícero?

Souza contratado pelo Santos

Bom dia torcedor santista!

Hoje analisarei as características do volante Souza, o mais novo contratado do Santos.

"Ferrugem", como é apelidado, viveu o auge de sua carreira no Náutico, em 2012, ocasião em que, ainda pertencendo ao Palmeiras (que o havia emprestado ao clube pernambucano), foi contratado pelo Cruzeiro.

No clube mineiro, Souza era reserva, mas entrou em campo 31 vezes e marcou 4 gols, ajudando o clube mineiro a conquistar o Campeonato Brasileiro de 2013.

O volante de 26 anos tem como principais características a forte chegada na frente, como elemento surpresa (exatamente como Cícero fazia, com seus gols), e a boa precisão nas cobranças de faltas - algo ausente nos esquadrões alvinegros há muitos anos.

Como prova de sua "boa chegada ao ataque", está o fato de que o jogador, mesmo atuando como volante, foi o maior finalizador da Série A do Campeonato Brasileiro em 2012!

Por tais características, sua presença na Vila Belmiro pode sim dar certo (onde ficará por empréstimo até junho de 2015).

Souza receberá no Peixe cerca de R$ 150 mil mensais, um valor alto, porém uma boa economia para a diretoria alvinegra se compararmos os valores recebidos (R$ 350 mil) e pedidos (R$ 500 mil) por Cícero.

Mas como o ex-Cruzeirense se encaixará taticamente na esquadra santista?

Por suas características, Souza deverá atuar somente como segundo volante, posição antes ocupada por Cícero e altamente disputada entre os vários volantes santistas (Renato, Alison, Alan Santos e Leandrinho).

No esquema 4-2-3-1, que deve ser mantido por Oswaldo de Oliveira, Arouca será mantido como primeiro volante titular, sobrando espaço para Souza fazer-lhe companhia no meio de campo.

Na frente, o quarteto Lucas Lima, Thiago Ribeiro, Rildo (Geuvânio) e Gabriel (Leandro Damião) seria mantido.

Apesar da diretoria santista ter criado um enorme problema para Oswaldo, chamado Leandro Damião, o que pode levar o treinador santista a modificar taticamente o time, para que passe a atuar com dois centroavantes de área (Gabriel e Damião), o que acho improvável, mas não impossível.

Se efetivado na vaga de segundo volante, Souza poderá exercer a mesma função antes exercida por Cícero no Santos e Paulinho no Corinthians (a de um volante que marca e sai com qualidade para o jogo).

Mas e Renato?

Sim, o Santos contratou dois jogadores que atuam na mesma posição.

Mas não haverá problemas.

Afinal, Renato, apesar de estar próximo da aposentadoria, é jogador do Santos.

Souza não (veio apenas por empréstimo).

Neste momento, Oswaldo poderá fazer um revezamento entre ambos, dois bons segundos volantes.

Mas com a aposentadoria de um e o fim do tempo de empréstimo de outro, serão abertos espaços para o desenvolvimento dos atletas mais jovens, como Alison, Alan Santos e Leandrinho, os quais devem chegar mais maduros ao time em 2015, talvez ganhando merecidamente o posto de titulares.

Como bem observado por Diogo Sautchuk, em seu blog no portal Lance!Net, "usar a base pode ser uma saída, mas experiência é a prioridade".

De uma forma ou de outra, uma coisa é certa: o Santos não precisa mais de volantes (Arouca, Renato, Souza, Alison, Alan Santos, Leandrinho).

Então, respondendo a pergunta proposta no título deste post: sim, Souza pode ser um substituto à altura de Cícero.

Basta retomar o futebol que o consagrou no Náutico em 2012.

E encaixará perfeitamente no esquema de jogo rápido e veloz santista.

Boa sorte ao "Ferrugem" na Vila Belmiro!