Aquecimento: Fluminense x Santos

Fluminense x Santos


O Santos, 6º colocado do Brasileiro, entra hoje em campo contra o Fluminense, 7º colocado, buscando retomar sua presença no G-4, algo que não acontece há 4 anos (desde outubro de 2010).

Atualmente com 17 pontos, se vencer o Peixe chegará a 20 pontos, e poderá terminar o turno em 2º lugar, em caso de derrota do Corinthians e empate do Sport.

O confronto marcará o reencontro do alvinegro praiano com Cícero, vendido recentemente ao Fluminense, e que, mesmo recebendo meio milhão de reais nas Laranjeiras, não atuou bem na derrota por 3 x 2 para o Criciúma.

Um excelente negócio para o Peixe, diga-se de passagem.

No time, apenas uma mudança: Cicinho retoma a titularidade na lateral-direita após cumprir suspensão.

Geuvânio, bastante criticado na partida anterior, segue entre os titulares.

Sem perder há 7 jogos como visitante, é grande a expectativa de que o Santos deixe o Rio de Janeiro com, ao menos, um empate.

Feita a introdução, vamos ao que interessa.

O jogo. Será disputado no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda/SP, as 18h30min, com transmissão pelo SPORTV (menos para o Rio de Janeiro).

Time titular. Aranha; Eugenio Mena, David Braz, Bruno Uvini e Cicinho; Alison e Arouca; Lucas Lima, Geuvânio, Rildo e Gabriel.

Reservas. Vladimir; Zé Carlos e Victor Ferraz; Paulo Ricardo; Renato e Souza; Diego Cardoso, Jorge Eduardo e Stéfano Yuri.

Desfalques. Leandro Damião, Gustavo Henrique e Patito Rodríguez (lesionados); Edu Dracena, Vinicius Simon, Jubal e Thiago Ribeiro (readquirem forma física após lesão).

Pendurados. Gabriel e Jubal.

Análise tática. Oswaldo de Oliveira prosseguirá utilizando o esquema 4-2-3-1, com os defensores jogando em linha, laterais subindo ao ataque de forma alternada, um volante marcador e outro móvel se revezando, três meias - um pelo centro, outro pela esquerda e outro pela direita - e um centroavante que trocam constantemente de posição.

Com isso, o Santos deverá entrar em campo hoje da seguinte forma:




















Tabela do Brasileiro. O Santos hoje ocupa a 5ª posição, com 17 pontos, um ponto à frente do Fluminense, o 6º colocado, e a apenas 5 pontos do líder Cruzeiro.

Se vencer, o Peixe salta para 2º lugar (em caso de derrota do Corinthians e empate do Sport), ou, no mínimo, para 4ºlugar (em caso de vitórias de Corinthians e Sport).

Se empatar ou perder, poderá cair até a 10ª posição, dependendo dos resultados de Atlético/PR (que deve vencer o Criciúma), Internacional (que deve vencer o Flamengo) e Goiás (que deve empatar com o Sport).

O Santos segue como a melhor defesa do Campeonato Brasileiro, ao lado de Grêmio, com apenas 5 gols sofridos em 10 jogos, ostentando a média de 1 gol sofrido a cada 2 jogos, além de ser o time que mais desarma na competição, com média de 32 desarmes por partida.

No ataque, no entanto, as coisas não vão tão bem.

O Santos é apenas o 8º melhor ataque da competição, marcando 12 gols em 10 jogos.

Fora de casa, até agora, o Santos vem apresentando um bom desempenho, com 2 vitórias (contra Bahia e Figueirense) e 2 empates (contra Goiás e Coritiba), ainda que, até agora, não tenha enfrentado nenhum "grande" fora de casa - o Fluminense será seu primeiro na temporada.

O Fluminense, atando em casa, é perigoso: conquistou 3 vitórias (contra São Paulo, Flamengo e Figueirense), 1 empate (contra Internacional) e apenas 1 derrota (contra Vitória).

Um bom time visitante (Santos) contra um bom mandante (Fluminense) significa a expectativa de um bom jogo em terras cariocas!

O árbitro. 
árbitro Leandro Pedro Vuaden - Fluminense x Santos (Foto: Editoria de Arte)

Vão brilhar. Alison e Arouca. Se, na Vila Belmiro, a dupla de volantes destruiu, imagino o que farão jogando fora de casa, com a equipe voltada para o contra-ataque.

Pode surpreender. Cicinho. O lateral direito foi o melhor jogador em campo na última vitória santista sobre o Fluminense, em 2013, no Maracanã. Hoje, voltando de lesão, pode surpreender.

Está devendo. Geuvânio. Uma merecida nota 0 coroou sua péssima atuação contra o Palmeiras, quando não acertou nenhuma jogada. Está devendo demais!

Olho nele! Conca. Trazido de volta da China a peso de ouro, o argentino marcou um gol na derrota por 3 x 2 para o Criciúma, fora de casa, e é o cérebro da equipe carioca. Olho nele!

Palavra do treinador. "Ainda falta amadurecimento para os meninos. Acabei de falar isso com eles no vestiário. Nosso time não pode oscilar, perder o equilíbrio, o que ocorre frequentemente com os jogadores mais jovens. Como nós temos muitos aqui, pode ser que em algum momento isso aconteça. Por isso, quero ressaltar sempre a importância do grupo. Todos estão amadurecendo".

Dúvida pertinente. Quando o Santos voltará a jogar bem?

Comente!