Aquecimento: Botafogo x Santos



Boa tarde torcedor alvinegro!

Daqui a 3 horas veremos mais um clássico do futebol brasileiro: Botafogo x Santos.

O jogão das 16h será disputado no Maracanã.

Enquanto para o Botafogo vencer a partida significará subir na tabela para se safar no rebaixamento, o time de Oswaldo de Oliveira ainda olha para cima para, se vencer, se aproximar da classificação para a Libertadores da América.

Apesar de, pelo bom desempenho na Copa do Brasil (e pelo péssimo desempenho dos clubes grandes), a possibilidade de conseguir uma vaga na Libertadores esteja mais próxima por lá.

A partida contra o Botafogo marcará um evento histórico entre os dois clubes, que brilharam absolutos nos anos 60: será o 100º confronto entre as equipes.

No último e único treino antes do jogo, Oswaldo de Oliveira manteve Leandro Damião fora da equipe titular (mesmo com a suspensão de Gabriel), apostando no veloz Rildo para iniciar o jogo.

Time titular. Aranha, Edu Dracena, David Braz, Eugenio Mena, Cicinho, Alison, Arouca, Lucas Lima, Thiago Ribeiro, Rildo e Robinho.

Reservas. Vladimir, Victor Ferraz, Zé Carlos, Naílson, Alan Santos, Souza, Geuvânio, Patito Rodríguez, Stéfano Yuri e Leandro Damião.

Desfalques. Bruno Uvini, Vinicius Simon, Renato, Gustavo Henrique (lesionados) e Gabriel (suspenso).

Pendurados. Jubal, Alison e Lucas Lima.

Análise tática. Oswaldo de Oliveira prosseguirá utilizando o esquema 4-2-3-1, com os defensores jogando em linha, laterais que sobem alternadamente, um volante marcador e outro móvel, três meias - um pelo centro, outro pela esquerda e outro pela direita - e um centroavante que trocam constantemente de posição, para confundir a marcação.

Hoje, o trio de meias será formado por Lucas Lima (no centro), Thiago Ribeiro (na esquerda) e Rildo (na direita).

Na frente, Robinho atuará como falso 9, tornando a equipe bastante veloz, dribladora, e incisiva.

Tabela do Brasileiro. O Santos hoje ocupa a 10ª posição, com 23 pontos, a 8 pontos do Corinthians, último clube no G-4 e concorrente direto do Peixe na briga por uma vaga na Libertadores da América de 2015.

Com o 8º melhor ataque da competição (18 gols em 17 jogos) e a 2ª melhor defesa (13 gols sofridos), o time de Oswaldo de Oliveira enfrentará um desfalcado, quebrado e não-pago time do Botafogo.

Botafogo que ocupa hoje a 14ª posição na tabela, com 19 pontos, a apenas 2 da zona de rebaixamento, com também o 8º melhor ataque da competição (18 gols) e uma defesa pouco vazada (sofreu 18 gols em 18 jogos).

Fora de casa, pelo Campeonato Brasileiro, o Santos ainda não venceu nenhum clube grande, e soma 2 vitórias, 2 empates e 4 derrotas.

Jogando em casa, o encardido time do Botafogo ainda não perdeu: foram 4 vitórias e 3 empates na competição.

Se vencer, dependendo dos resultados das outras equipes, o Santos poderá pular para 6º lugar.

Em caso de empate ou derrota, o Santos poderá cair para, no máximo, 13º lugar.

O árbitro. 
INFO Árbitros - Botafogo x Santos (Foto: Editoria de Arte)

Vai brilhar. Aranha. O goleiro está revoltado com o caso de racismo, e quando o homem tá bravo, ninguém segura.

Pode surpreender. Rildo. A grande surpresa da partida pode surpreender, com velocidade pelos lados do campo, sempre em contato com o falso 9 Robinho.

Está devendo. Thiago Ribeiro. O meia santista vem jogando mal há algum tempo.

Olho nele! Emerson Sheik. O ex-corintiano é o jogador mais perigoso deste frágil time do Botafogo. Olho nele!

Palavra do treinador. "Foi um jogo importantíssimo para o Santos. Ganhar do Grêmio aqui dá muita confiança à equipe. Valorizamos o resultado. Por outro lado, temos de raciocinar que ainda terá o complemento na quarta. O que ocorreu aqui pode acontecer lá. Temos de nos prevenir e jogarmos ainda melhor do que hoje."

Dúvida pertinente. Conseguirá o Santos do ex técnico botafoguense Oswaldo de Oliveira quebrar a invencibilidade do time carioca no Maracanã?

Palpite. Vitória do Santos.

Comente!