Santos 2 x 0 Londrina - no sufoco!

Santos 2 x 0 Londrina - no sufoco!

Sofrendo no meu sofá, foi assim que vi o meu Santos vencer o Londrina e avançar para a próxima fase da Copa do Brasil.

[ Por que não fui à Vila Belmiro se moro em Santos? 1- ingresso caro (R$ 40 o mais barato), 2 - noite fria demais para os padrões santistas (14 graus), 3 - possibilidade de tomar chuva no frio (a Vila não é coberta) - por isso os apenas 4.499 torcedores ]

Com uma atuação de Robinho para se lembrar, e com atuações de David Braz, Jubal, Thiago Ribeiro e Leandro Damião para esquecer, o Peixe conseguiu vencer o frágil time londrinense.

Robinho foi o grande destaque da partida, com uma assistência e um gol.

O primeiro tempo santista valeu pela movimentação; o time de Oswaldo de Oliveira dominou todas as ações ofensivas, permaneceu com a ampla posse de bola, mas tinha imensa dificuldade em criar jogadas e, principalmente, finalizar para o gol, ainda mais com o festival de chutes tortos de Thiago Ribeiro e Leandro Damião.

Precisando fazer no mínimo 1 x 0 para avançar de fase, o Santos voltou no segundo tempo com força total, pressionando o Londrina, até que, dos pés de Robinho, sairia o primeiro tento alvinegro.

O primeiro gol santista partiu de um lateral cobrado por Eugenio Mena (coisa que Cicinho ainda precisa aprender a fazer) nos pés de Robinho, que passou para Leandro Damião fazer a parede e devolver para o camisa 7 santista estufar as redes e abrir o placar, aos 7 minutos do segundo tempo.

Daí em diante o time de Oswaldo morreu em campo.

Simplesmente se contentaram com o 1 x 0 e abdicaram de jogar.

Recuaram, esperando ansiosamente pelo empate do Londrina.

Que não veio por pura incompetência dos jogadores paranaenses.

Que tentaram, tentaram, tentaram e tentaram!

Mas todas as tentativas pararam milagrosamente nas mãos do ótimo goleiro Aranha, que no final, ao lado de Robinho, garantiu a vitória santista e a classificação para a próxima fase da Copa do Brasil.

Antes do jogo acabar, veio o segundo gol santista, com Rildo, aos 43 minutos do segundo tempo, em jogada iniciada por Cicinho na grande área alvinegra, que levantou a cabeça e viu Robinho isolado lá na ponta esquerda, lançando a bola para ele com precisão, e o resto todos nós conhecemos: o camisa 7 segurou a bola de forma brilhante, esperando a passagem de um jogador santista, e tocou suavemente para Rildo ampliar e fechar a conta: Santos 2 x 0.

Interessante notar, com isso, que os dois laterais santistas tiveram participação direta nos dois gols, pois iniciaram as jogadas que dariam origem às bolas na rede!

No final, mais sufoco, mais pressão do Londrina!

Jogadas perigosíssimas pelo alto!

Algo que parece insolúvel no Santos de Oswaldo.

Não por falta de treinamento.

Mas sim por falta de altura - temos uma equipe baixa, e portanto sempre sofreremos com bolas aéreas, assim como o Barcelona de Messi em seu auge sofria (tomadas as devidas proporções).

No jogo de ontem, salvaram-se as excelentes atuações de Aranha e Robinho, que garantiram o Santos na próxima fase da Copa do Brasil.

As atuações medianas vão para Edu Dracena, Eugenio Mena, Cicinho, Alison, Arouca e Rildo, que entrou bem e marcou o gol da vitória.

Mas por baixo mesmo estão Jubal, David Braz, Thiago Ribeiro e Leandro Damião.

Que péssima atuação de Jubal, que quase entregou o ouro várias vezes!

Thiago Ribeiro é sim um bom jogador, habilidoso, mas tem sérios problemas ao finalizar a gol (e isso não é de hoje).

Leandro Damião é um perna-de-pau, caneludo, que o Santos contratou por um valor que não valia e agora terá de fazer um gigantesco milagre para valorizar seu péssimo futebol.

Ontem, sempre que Damião pegava na bola atrapalhava alguma boa jogada de ataque!

Seja com chutes tortos, com passes desnecessários (e errados) de letra, seja com sua falta de capacidade de cabecear, sua lentidão ao realizar qualquer movimento, Damião é um péssimo jogador de futebol.

Tá bom, não nego que Damião fez a parede para o primeiro gol santista, de Robinho.

Mas se precisam de uma parede, e não de um jogador de futebol, contratem um cone, capiche?

É mais barato, não se lesiona, está sempre bem posicionado e faz bem a parede!

Apesar de, assim como Damião, não saber finalizar.

Aguardo ansiosamente a volta de Gabriel, que já até marcou gol com a Seleção Brasileira Sub-20 (lembrando que ele tem apenas 17 anos).

Sinto muito pelo desabafo, mas realmente estou cansado do péssimo futebol apresentado em todos os jogos do Santos por Leandro Damião, o caríssimo e ineficientíssimo centroavante santista.

Voltando à Copa do Brasil, informo aos torcedores santistas que o adversário do Peixe nas oitavas-de-final será conhecido nessa segunda-feira, em sorteio realizado pela CBF.

Os candidatos?

Cruzeiro, Atlético/MG, Corinthians, Grêmio, Atlético/PR, Flamengo, Vasco, Botafogo.

Estou na torcida para pegar qualquer time do Rio de Janeiro, os adversários mais fracos...

Ou ainda o Corinthians, para que, em uma disputa de 11 contra 11, o Santos se vingue da derrota na Vila Belmiro!

Seja quem for o adversário do Peixe, daqui pra frente, a Copa do Brasil promete pegar fogo...