Sport 3 x 1 Santos - tropeçando nos erros

Sport 3 x 1 Santos - erros e mais erros

Enderson Moreira, Oswaldo de Oliveira, tanto faz.

Com ambos os treinadores, o Santos segue sem vencer fora de casa um clube melhor colocado na tabela do Brasileiro.

Porque vencer fora de casa é algo difícil e independe de técnico, ainda mais para um clube "caseiro" como o Peixe, acostumado às vitórias na Vila Belmiro.

A torcida pediu 3 volantes? Preencher o meio de campo?

Enderson o fez, e mesmo assim perdemos.

O meio de campo santista, formado pelos fraquíssimos Alan Santos e Souza, era facilmente dominado pelo meio campo do Sport, fazendo Ibson parecer o Messi, flutuando na intermediária alvinegra.

O problema do Santos nunca foi seu técnico, como já afirmamos aqui no blog.

Mas sim a baixa qualidade do elenco, que não consegue segurar as pontas sem os titulares Robinho, Alison e Eugenio Mena, merecidamente convocados para as seleções brasileira e chilena.

Como disse Oswaldo de Oliveira, raça nunca faltou a esse time.

Falta técnica mesmo.

Quem não lembra de Oswaldo afirmando, após a derrota para o São Paulo, no Morumbi, que "perdemos porque o adversário era superior tecnicamente"?

E é verdade.

Mas então como explicar a derrota de ontem para o Sport, um time inferior tecnicamente, mas bem arrumado coletivamente?

Aliás, o técnico do Sport, Eduardo Baptista, que era preparador físico do clube pernambucano e foi efetivado como técnico no mês de fevereiro deste ano, realiza um excepcional trabalho, com um forte trabalho coletivo, deixando o Sport hoje na 7ª colocação do campeonato, a apenas 3 pontos do Grêmio, último clube do G-4.

O Santos, por outro lado, estacionou na 10ª posição, com 26 pontos, e encontra-se hoje mais próximo da zona de rebaixamento (6 pontos) do que da zona da Libertadores (8 pontos).

Se ainda quisermos sonhar com algo no campeonato, será obrigatória uma vitória contra o Coritiba, no próximo sábado, as 21h, na Vila Belmiro, clube que na nesta rodada venceu em casa a Chapecoense por 3 x 0.

Durante a partida, fiz algumas observações, e gostaria de compartilhá-las com vocês.

Vamos lá.

PRIMEIRO TEMPO

5 minutos - Sport joga melhor e domina o meio campo e chega com perigo.

20 minutos - Santos tem mais posse de bola, mas é uma posse de bola inútil, improdutiva, que não cria nem nada de positivo, apenas permanecendo no toque de lado, sempre voltando a bola para laterais, zagueiros e goleiro.

24 minutos - GOL DO SANTOS. Em uma bobeada do Sport, o time do Santos "acha" um gol. A jogada começa com uma roubada de bola de Alan Santos (que foi falta, na minha opinião), esta sobra para Arouca, que conduz a bola e encontra Thiago Ribeiro lá na frente, que aplica dois belos e rápidos dribles nos zagueiros do Sport, e, cara-a-cara com o goleiro, faz Santos 1 x 0 em plena Arena Pernambuco.

26 minutos - Leandro Damião quase marca um gol de cabeça, após cruzamento de Thiago Ribeiro.

30 minutos - A arbitragem parece favorecer o Santos, mas o time não consegue se aproveitar disso.

36 minutos - Santos continua com a posse de bola improdutiva, e o Sport começa a pressionar cada vez mais, levando constante perigo ao gol de Aranha, o gol da equipe pernambucana parece questão de tempo.

40 minutos - GOL DO SPORT. Cicinho e Zé Carlos erram no posicionamento ao tentarem fazer linha de impedimento, e dão plenas condições para o cabeceio e gol do lateral Patric, sob os olhares do atônito goleiro Aranha: Sport 1 x 1 (OBS: a jogada do gol do Sport começou em uma falta claríssima e violenta do zagueiro Durval em Leandro Damião, não marcada pela péssima arbitragem).

44 minutos - O ex-santista Richelly arrisca um petardo de fora da área e quase marca um golaço!

45 minutos - O time da Vila Belmiro continua acuado em seu campo de defesa, incapaz de ganhar o meio de campo e armar boas jogadas (suas melhores jogadas saem pelo lado direito, com Cicinho e Thiago Ribeiro).

46 minutos - Thiago Ribeiro, o melhor jogador do Santos na partida até então, deixa o campo machucado para a entrada de Rildo.

47 minutos - Sport marca mais um gol, após cruzar bola na área santista, mas Ibson estava impedido.

BALANÇO DO PRIMEIRO TEMPO: Edu Dracena, David Braz e Thiago Ribeiro fazem (ou faziam, no caso de T.R.) uma partida impecável, contrastando com as péssimas atuações, até agora, de Souza, Alan Santos, Zé Carlos, Cicinho, Lucas Lima e Leandro Damião.


SEGUNDO TEMPO

5 minutos - Lucas Lima arrisca chute perigoso de fora da área e quase marca.

7 minutos - GOL DO SPORT. Durval cobra falta atrás da linha do meio de campo, lançando a bola para o ataque do Sport, o jovem lateral Zé Carlos erra novamente na cobertura e a bola cai livre nos pés do lateral Patric, para fazer Sport 2 x 1.

10 minutos - Edu Dracena salva um gol do Sport, ao dar uma de malandro e se jogar no chão quando percebeu que iria perder a bola na corrida para o atacante pernambucano!

11 minutos - Sai o volante Alan Santos para a entrada do atacante Gabriel, que se posiciona agora na ponta direita.

12 minutos - Sport quase marca seu terceiro gol, em chute rasteiro salvo pelo goleiro Aranha.

17 minutos - Cicinho salva o Santos de um gol feito, com um carrinho preciso, após o alvinegro sofrer um ataque com 4 jogadores do Sport contra apenas 2 defensores santistas (Dracena e Cicinho)!

25 minutos - A chuva aperta e o jogo fica truncado, com muitas faltas na intermediária, muitos erros de passe, e muitos jogadores caídos no chão.

26 minutos - Gol do Santos. Mas não valeu. Após falta cobrada por Lucas Lima, a bola sobra nos pés de David Braz, que chutou precisamente para dentro do gol, e o gol santista seria confirmado... não fosse o extremo egoísmo do atacante Gabriel, que colocou o pé na bola, empurrando-a desnecessariamente para o gol, pensando mais em si do que no time, atrapalhando um gol legítimo de sua equipe...

35 minutos - O lento volante Souza tenta driblar e perde a bola no meio de campo, e Sport arma perigosa jogada e quase amplia, novamente pelo lado do lateral Zé Carlos.

36 minutos - Sai o zagueiro David Braz e entra o meia-armador Serginho. Enderson Moreira vai para o tudo ou nada.

37 minutos - Gol do Santos. Muito mal anulado. Em jogada novamente iniciada por Lucas Lima, este lança o atacante Gabriel que, em posição absolutamente legal, toca a bola para Leandro Damião empatar o jogo. Mas o juiz viu impedimento... e segue Sport 2 x 1.

45 minutos - Gol do Sport, em contra-ataque que encontrou a defesa santista absolutamente aberta. Enderson Moreira foi para o tudo ou nada, sacou um zagueiro e um volante, e acabou no nada.


NOTAS

Aranha. 5
Edu Dracena. 6
David Braz. 6,5
Cicinho. 5
Zé Carlos. 3
Arouca. 5,5
Alan Santos. 4
Souza. 4
Lucas Lima. 5
Thiago Ribeiro. 7
Leandro Damião. 4,5

Rildo. 4,5
Gabriel. 4
Serginho. 4