Robinho, Alison e Mena desfalcam o Peixe

Robinho, Eugenio Mena e Alison


Por conta do estúpido calendário montado pela CBF, em que jogos do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil são realizados durante as "datas-FIFA" (em que todos os campeonatos do mundo inteiro param, menos o nosso), o lateral Eugenio Mena (seleção chilena), o volante Alison (seleção brasileira sub-20) e o atacante Robinho (seleção brasileira) desfalcarão o Santos nas próximas 3 partidas.

Portanto, os três estão fora dos confrontos contra Bahia (quinta-feira), Criciúma (domingo) e Botafogo (quinta-feira), este último jogo pela Copa do Brasil - Alison e Eugenio Mena, no entanto, devem voltar contra o alvinegro carioca.

Os desfalques serão certamente sentidos no time de Enderson Moreira.

Afinal, o lateral Caju certamente fará um bom trabalho, mas não substituirá o lateral titular da Seleção Chilena à altura (aliás o melhor jogador do Santos em campo na vitória contra o Flamengo).

Bem como o volante Alison, a quem Alan Santos ou mesmo Souza passam no empenho na marcação.

A ausência de Robinho, então, nem precisa ser comentada.

Apesar do quase-de-saída atacante Patito Rodríguez ter entrado bem no segundo tempo, contra o Flamengo, e dado conta do recado.

Mas Robinho é Robinho.

Mesmo com o trio de desfalques, é grande a chance dos titulares de quinta-feira conquistarem uma vitória contra o Bahia.

Contra o Criciúma, fora de casa, a coisa pode complicar um pouco, mas mesmo assim temos condições de sair da cidade catarinense com outra boa vitória.

Assim como na próxima quinta-feira, contra o cada vez mais fragilizado time do Botafogo (que na semana passada dispensou 5 de seus jogadores titulares), podemos crer em uma boa vitória do time de Enderson Moreira.

Para suprir a ausência do trio, o treinador santista tem duas opções: manter o esquema tático alterando somente as peças (com a simples entrada de Alan Santos no lugar de Alison, mantendo o 4-2-3-1), ou mudar o esquema tático para o 4-3-3, promovendo a entrada de mais um volante, formando o trio com Arouca, Alan Santos e Souza, mantendo Lucas Lima e Geuvânio e escolhendo entre Gabriel e Damião.

Um tropeço neste momento do campeonato pode tirar do Santos a chance de brigar pela Libertadores.

Por isso a importância de Enderson manter o time unido e focado na busca por vitórias dentro e fora de casa.

No treino de hoje, o comandante alvinegro sinalizou a entrada do atacante Patito Rodríguez no lugar deixado por Robinho, mantendo-se o esquema tático no 4-2-3-1 (entrando Alan Santos para formar dupla de volantes com Arouca).

Que os santos iluminem Enderson Moreira para escolher a melhor formação para vencer o Bahia, quinta-feira na Vila Belmiro, para colarmos de vez no G-4.

Amanhã, o blog fará o aquecimento completo para a partida, fique ligado!